segunda-feira, 24 de junho de 2013

Marinha do Brasil recebe o seu novo Navio de Patrulha Oceânica "Araguari"




O Navio de Patrulha Oceânica Araguari  foi entregue pela empresa BAE Systems para a Marinha do Brasil em uma cerimônia na Base Naval de Portsmouth na Inglaterra.

Os funcionários se juntaram aos convidados da Marinha do Brasil e da Royal Navy, para ver os tripulantes do navio levantando a bandeira do Brasil pela primeira vez, marcando formalmente a entrega do mais novo navio da Marinha do Brasil.

Mick Ord, Diretor da BAE Systems Maritime - Naval Ships disse: "Estamos extremamente orgulhosos de entregar o Araguari. Ele é um navio altamente capaz, e junto com seus navios irmãos, será um grande trunfo para a Marinha do Brasil.

Vice-almirante Francisco Deiana, Diretor de Engenharia Naval da Marinha do Brasil, disse:
"As três unidades da classe Amazonas são uma importante contribuição para nossa habilidade em prover segurança e proteção para Águas Jurisdicionais do Brasil e cumprir os nossos compromissos com a Autoridade Marítima Brasileira.

O Navio de Patrulha Araguari é o terceiro e último navio da classe Amazonas e juntamente com seus irmãos são, sem dúvida, um ativo muito importante para o inventário da Marinha do Brasil e é uma clara indicação de um bom relacionamento que tem sido desenvolvido entre a Marinha do Brasil e BAE Systems. "

O Primeiro navio da classe o Navio de Patrulha Oceânica Amazonas, foi entregue à Marinha do Brasil em junho de 2012. O segundo navio, APA, foi concluído em novembro do ano passado.

Durante a preparação dos três navios, Portsmouth recebeu 250 tripulantes brasileiros que foram submetidos a treinamento e preparação para assumir a posse dos novos navios.

O Navio de Patrulha Oceânico Araguari possui um canhão de 30 milímetros e duas metralhadoras de 25mm, bem como dois barcos infláveis ​​rígidos e um deck de vôo para helicópteros capaz de pousar um helicóptero de médio porte possui uma tripulação de 80 pessoas, com acomodação adicional para 40 tropas ou passageiros e amplo espaço de convés para armazenagem de contêineres embarcados.

O contrato de três navios, anunciado em janeiro de 2012, também inclui uma licença de fabricação para outros navios da mesma classe, a serem construídas no Brasil, ajudando a apoiar o programa de reequipamento naval do Brasil e reforçar a sua capacidade industrial marítima.

Fonte: http://www.baesystems.com/article/BAES_159010/araguari-joins-the-a-class

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...