quarta-feira, 14 de agosto de 2013

FAB substituirá caças mais potentes por modelo inferior

F-5M


O comandante da Força Aérea Brasileira (FAB), tenente-brigadeiro-do-ar Juniti Saito, afirmou nesta terça-feira (13) em audiência pública no Senado que o governo brasileiro irá substituir as aeronaves Mirage 2000, as mais potentes das Forças Armadas, pelo modelo F-5, de menor potência, a partir do próximo ano.

Os 12 caças Mirage 2000 que pertencem ao Brasil serão aposentados em 31 de dezembro de 2013. Os jatos, que ficam na base aeronáutica de Anápolis (GO), são responsáveis, principalmente, pela defesa do espaço aéreo da capital federal. O modelo F-5, mais antigo, já pertence à FAB e hoje tem como base Canoas (RS), Santa Cruz (RJ) e Manaus (AM).



“Com a desativação do Mirage nesse ano, vamos trazer para cá os F-5 modernizados - com míssil compatível com a defesa aérea - e fazer a defesa área da melhor maneira possível. [...] Claro que não é o ideal, mas vamos fazer da melhor forma possível”, disse o comandante da FAB.

A medida tomada para substituir os Mirage estava indefinida, motivo pelo qual o senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES), presidente da Comissão de Relações Exteriores do Senado, decidiu convocar audiência pública para esclarecer o tema. Os Mirage foram comprados em 2006 e a validade inicial prevista era de cinco anos.

Desde o ano passado, apenas metade dos Mirage estava em operação. Com o fim do prazo de validade, em 2012 seis dos caças passaram a servir apenas de suprimento para os modelos que estavam funcionando, sendo usados por exemplo quando havia necessidade de substituição de peças.

O Mirage 2000 é o mesmo que em julho de 2012 quebrou vidraças do Supremo Tribunal Federal durante voo rasante na cerimônia de troca da bandeira na Praça dos Três Poderes, em Brasília. Segundo a Força Aérea, o Mirage F2000 pode atingir 2,2 vezes a velocidade do som, que é de mais de 330 metros por segundo.

Substituição provisória


A substituição provisória dos Mirage permanecerá pelo menos até que haja uma definição da compra de 36 aeronaves pela FAB com o intuito de modernizar a Aeronáutica. A compra é parte do programa FX-2, reequipamento e modernização da FAB. Apesar de ter sido lançado em 2008, o programa ainda não saiu do papel e não há um prazo determinado para as novas aquisições.

Juniti Saito negou que o governo federal esteja deixando de cumprir com a sua tarefa no projeto. “Não acredito que governo esteja prevaricando quando há extensão do prazo [das aquisições]. O Brasil é um país em desenvolvimento e precisa aplicação de recursos em educação, por exemplo. É questão orçamentária, de prioridade”, disse o comandante.

O Brasil analisa três diferentes propostas para a compra dos novos caças. A norte-americana Boeing é uma das fábricas concorrentes que quer vender caças para o programa brasileiro FX-2. As outras empresas que estão na disputa são a francesa Dassault e a sueca SAAB.

8 comentários:

  1. provavelmente as aeronaves que vão ser adquiridas pelo programa FX-2 vão ser da francesa Dassault, pelo baixo custo e muito moderno, aeronave Rafale que estavam falando que iriam adquirir...

    ResponderExcluir
  2. Comunistas odeiam a ordem , o progresso, as forças armadas e o cumprimento das leis.

    E agora que chegaram ao governo, o fundo do poço do Brasil fica cada vez mais fundo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é papo de militante de Direita, é Incrível como ainda existem pessoas ignorantes que em pleno século XXI ainda tem medo do Comunismo um Sistema Utópico que nunca foi implantado em nenhum pais do Mundo e nunca será implantado.

      Excluir
  3. com esse atraso inexplicavel do projeto FX2 que não sai do papel os caças estão virando sucata e indo pro ferro velho ja que compraram mirages usados da França , comprem tambem F16 usados da Jordania por que os F5 são muitos absoletos e podem ser abatidos como mosquitos

    ResponderExcluir
  4. O total absurdo, esses F=5M...a Venezuela de Su-30Mk2s...Qdo a vítima está armada o predador dorme c fome...A MB c 5 subs e sem AIP. Ontem..Sds.

    ResponderExcluir
  5. Isso é um total absurdo, a Venezuela c mt Su=30MK2s e nós dos vetustos F=5..a n MB c só -5 subs e sem AIP...Qdo a vítima está armada o predador dorme c fome..P Ontem.Sds.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Referente aos Submarinos a Marinha atualmente possui 5 submarinos IKL mas ela comprou mais 4 submarinos convencionais Scorpene sem AIP e 1 nuclear então teremos uma frota total de 10 unidades entre convencionais e nucleares.

      Excluir
  6. O ex-presidente Osiris Silva disse em certa entrevista q a EMBRAER está apta a construir um caça p atender a td às necessidade da FAB...então, pq o GF/congresso/MD ainda ñ fez esse pediro à mesma?!?! Está passando da hora. P ontem.Sds.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...