sábado, 3 de agosto de 2013

Manifestantes fazem protesto contra corrupção do Governo Geraldo Alckmin

protesto contra corrupção no Governo Geraldo Alckmin

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), foi alvo de um protesto nesta sexta-feira, por conta das denúncias de formação de cartel no metrô e desvio de R$ 425 milhões durante os Governos Mario Covas, José Serra e Geraldo Alckmin, o protesto reuniu cerca de 200 pessoas segundo a Polícia Militar. A PM tentou uma nova estratégia: formou um cordão e circundou os manifestantes no início do ato, às 19h, na Avenida Paulista. Até as 22h, houve apenas dois momentos de tensão. O primeiro ocorreu quando policiais lançaram spray de pimenta, na rua dos Belgas e o segundo quando manifestantes tentaram invadir a Assembleia Legislativa de São Paulo, no Ibirapuera.

Este foi o terceira ato realizado em São Paulo na semana contra Alckmin - as outras ocorreram na terça-feira (30) e quinta (1). A concentração começou por volta das 18h, no Museu de Arte de São Paulo (Masp). Meia hora depois, o major Genivaldo Antônio abriu uma negociação para que não houvesse violência. "É um exercício de cidadania, mas precisamos manter a ordem."
Às 19h, o grupo bloqueou a Avenida Paulista, no sentido Consolação. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), o congestionamento nesse horário foi de 266 km - o terceiro maior do ano. Em seguida, os manifestantes bloquearam a outra pista da Paulista, na altura da rua Pamplona, e continuaram caminhando. Às 20h, o grupo entrou na avenida Brigadeiro Luís Antônio, no sentido do centro. Na rua Conselheiro Carrão, um coronel negociou para que o bloco não voltasse para a Paulista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...