sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Exército Brasileiro comprou o míssil antiaéreo RBS-70 MK2 BOLIDE




Está confirmada a compra, pelo Exército Brasileiro, do sistema de artilharia antiaérea V/SHORAD SAAB/BOFORS DYNAMICS AB RBS-70 MK2 BOLIDE. A documentação associada enumera a compra de uma unidade (estação de tiro, míssil e equipamentos associados) para a realização de “testes”. O Boletim do Exército especifica bem claramente a compra isolada, no valor de R$ 4.484.858,37. No entanto, o documento sinaliza também que o Exército Brasileiro deverá adotar esse sistema de mísseis de baixa altura para fechar a questão defesa aérea das arenas esportivas das 12 cidades sedes da Copa do Mundo FIFA 2014 de Futebol.

O RBS-70 apresenta um desempenho tido como excepcional até 5 mil metros de altitude, num raio de 8 km, podendo fechar uma “redoma” defensiva por sobre as arenas esportivas, no caso da Copa, inclusive na interceptação de armamento stand-off lançado por um improvável inimigo (terrorista). Sua integração aos COAAAe não deverá criar muitos problemas, e o míssil, dentro das suas particularidades de performance, irá garantir a defesa H-24 em qualquer tempo, fechando o trinômio RBS-70 + IGLA-S + Gepard 1A2 (canhão de 35 mm + radar). Segundo material veiculado pelo fabricante, é possível formar operadores capacitados a operar o RBS-70 MK2 Bolide na sua plenitude em 90 dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...