sábado, 14 de dezembro de 2013

Fora o salário na Globo, Maitê Proença recebe pensão de R$ 13 mil por mês do governo



Maitê Proença recebe todo mês uma pensão no valor de R$ 13 mil. O motivo? A morte do seu pai, o procurador de Justiça Eduardo Gallo, falecido em 1989.

Segundo o site da revista "Época", o pagamento que a Maitê Proença ganha vem desde uma época em que as mulheres não trabalhavam e dependiam do pai ou do marido para viver. Esse auxílio do governo para filhas solteiras maiores de 21 anos pretendia não deixar desassistidas as herdeiras de servidores falecidos.

Só que em 1990, Maitê deu à luz a filha Maria, 22, com o empresário Paulo Marinho, 58, com quem teve um relacionamento por 12 anos, mas não de papel passado. A Justiça cortou o benefício sob a alegação de que a famosa vivia uma união estável. Mas, Maitê recorreu e conseguiu garantir a pensão, ainda em disputa. Segundo seu advogado, Rafael Campos, a artista "nunca foi casada nem teve união estável" com Marinho.

A confusão com Maitê Proença aconteceu pelo fato de que para se ter o direito a receber o dinheiro mensalmente, a mulher não pode se casar ou viver em união estável. Mas, para driblar a lei e seguir recebendo o benefício, muitas se casam na prática, moram com o marido, têm filhos, mas não registram a relação oficialmente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...